Hotéis

Festas de fim de ano animam a Ilha da Madeira

Comemorações de Natal e Réveillon tomam as ruas do pequeno paraíso português

7 de novembro de 2018

Com as festas de fim de ano chegando, a Ilha da Madeira se prepara para celebrar as suas tradições. Recanto de belas paisagens de montanha em meio ao Oceano Atlântico, o destino se enche de luz e cor nesse período e atrai turistas do mundo todo. Os primeiros dias de dezembro marcam o início dos festejos, com peças e iluminação decorativa pelas principais ruas de Funchal, além de barracas de comes e bebes, detalhes que sinalizam a abertura dos programas de Natal e Ano Novo.

Presépios de proporções reais e as decorações alusivas ao nascimento de Jesus também se espalham pelas ruas madeirenses e podem ser vistas em grande parte da cidade. Para animar o público, os concertos de música são realizados diariamente, com apresentações de bandas filarmônicas e grupos folclóricos. Ainda há missas especiais celebradas pelas igrejas locais, chamadas de Missas do Parto.

A Noite do Mercado, uma das maiores festas da época, acontece no dia 23 de dezembro, em um dos lugares mais icônicos de Funchal, o Mercado dos Lavradores. Com muita música, dança, comidas e bebidas típicas, madeirenses e turistas aproveitam para fazer as últimas compras natalinas. O período ainda é perfeito para provar as delícias da gastronomia. Conforme a tradição local, doces e quitutes são preparados para compor a mesa natalina dos residentes, como o bolo de mel, feito no dia 8 de dezembro, dia de Nossa Senhora da Conceição. Para a refeição principal, carne de vinha d’alhos – afamado prato da culinária da Madeira, à base de carne de porco e vinho branco.

O momento mais esperado é a virada do ano, com sua queima de fogos de artifícios que já foi reconhecida oficialmente pelo livro de recordes do Guiness, em 2006, como a maior do mundo. Inclusive, muitos cruzeiros desembarcam na Ilha da Madeira para que os viajantes presenciem esse espetáculo de luz e cor. Com as badaladas da meia-noite do dia 31 de dezembro, os apitos dos navios de cruzeiros soam e o céu se ilumina com um espetáculo que chega a durar oito minutos, decorando a chegada do novo ciclo.

Para encerrar as festividades, no dia 6 de janeiro se comemora o Dia de Reis, quando os residentes da ilha aproveitam os últimos dias da iluminação de Natal para realizar uma antiga tradição local, a de entoar os populares cantares madeirenses de porta em porta.

pt