Quem por aqui conhece a cidade de Viena na Áustria?

Viena é o tipo de destino que o viajante exagerado – turista profissional – aqui adora. Sabe aquele lugar que você chega e não quer mais sair? Já teve essa sensação em algum lugar? Essa foi a minha impressão durante todos os dias que estive nessa cidade.

Uma cidade repleta de atrações turísticas e que tem muito a oferecer ao cidadão local e mais ainda ao visitante. Viena é um destino feito de detalhes: de uma arquitetura riquíssima, das artes espalhadas por todas as partes, da gastronomia especial, de muita história, dos mais diversos e imponentes museus, dos lindos parques e praças, da música clássica, da ópera e muito mais. A cidade é linda, bem cuidada e encantadora.

VIENA @exaGERA

São muitos palácios, lindas e imponentes construções que nos remetem a um passado histórico. Grandiosas igrejas, ruas fechadas e exclusivas para pedestres, muitas charretes (charme especial) que se misturam as pessoas e aos bondes (outro charme) que cruzam todo o centro da cidade. E, com certeza, você ouvirá muito falar da Imperatriz Sisi e dos Hofburgs, a família imperial de Viena.

Atrações Turísticas – O que ver, o que fazer… Vamos juntos conhecer Viena? 

Já falei por aqui que a cidade de Viena é O LUGAR? É no centro antigo de Viena que você vai encontrar uma gama de atrações importantes. Por isso, numa primeira visita a cidade, leve em consideração um permanência de, no mínimo, 4 dias.

Para começar, uma visita a…

Catedral de Santo Estêvão – Stephansdom

É o mais belo exemplar e orgulho da arquitetura gótica de Viena. A grandiosa catedral, alvo de muitos bombardeios durante a II Guerra Mundial, está localizada no centro histórico da cidade, no entorno do Boulevard Kärntner Strasse (repleto de lojas, cafés e restaurantes) e se tornou um marco e uma das atrações turísticas mais visitadas na cidade.

Catedral de Santo Estêvão – Stephansdom

Um parque de diversões e a mais famosa roda gigante

É lógico que você já ouviu da falar da London Eye né? A famosa roda gigante de Londres. Devido ao seu enorme sucesso, muitas outras surgiram, nos mesmos moldes, em outros famosos destinos como: Las Vegas, Orlando, Budapeste…

Mas, em nenhum outro lugar do mundo, você encontrará uma igual a Wiener Riesenrad, sem dúvida, a mais antiga e mais famosa roda gigante do mundo.  Essa sim é diferente de todas que você já viu por ai. As suas cabines/vagões são feitas de madeira; um charme e muita história. Essa famosa atração fica no parque de diversões Wiener Prater e é um dos maiores símbolos da cidade. No parque, Além da roda-gigante, você encontrará outros brinquedos e a um dos exemplares do também famoso museu de cera Madame Tussauds.

Wiener Riesenrad

Uma cidade repleta de Museus, Palácios e Castelos –

Para começar..

O Museumsquartier – MQ / Quarteirão dos Museus

É uma área de 60.000 metros quadrados no 7º Distrito da cidade. É a oitava maior área cultural existente no mundo. O MQ (apelido do local) é lar de uma variedade de largos e grandes museus como o MUMOK – Museu de Arte Moderna da Fundação de Ludwig de Viena, o Kunsthalle, o Tanzquartier (dança) e o Leopold Museum e de espaços de exibição de mostras de obras de arte contemporânea e de inúmeros festivais. Tudo isso e muito mais num lindo edifício de estilo barroco que no passado “hospedava” cavalarias.

O Museumsquartier – MQ / Quarteirão dos Museus

Ainda por lá, iremos encontrar os museus gêmeos de Viena: o Kunsthistorisches Museum  (Museu de História da  Arte) um museu que tem uma grandiosa coleção de moedas, instrumentos musicais antigos, armas, armaduras e uma vasta coleção de múmias, objetos e achados egípcios; além das artes com obras renomadas e uma infinidade de pinturas de Rembrandt, Caravaggio, Brueghel, Vermeer, Rafael,  Velásquez e muitos outros; e o  Naturhistorisches Museum (Museu de História Natural) – um museu dividido em 8 seções que retratam a história da evolução do mundo vegetal e animal. Ainda no seu interior, no teto, uma linda pintura representando o Ciclo da Vida, de autoria de Hans Canon.

Palácio Hofburg

O Hofburg, ou Palácio Imperial de Hofburg, é um grandioso palácio que fica no bem no centro da cidade de Viena e, nos dias atuais, é também sede da Presidência da República. Entre 1278 e 1918, Foi a residência oficial (de inverno) e centro do poder dos Habsburgo, os soberanos da Áustria; enquanto o Palácio de  Schönbrunn era o palácio preferido para o Verão..

Hofburg

Hofburg

Hoje em dia, o gigante complexo HOFBURG compreende a Escola Espanhola de Equitação, a Biblioteca Nacional Austríaca, os gabinetes do presidente da Áustria e museus, dentre eles, merecem destaque os antigos aposentos imperiais e a coleção de obras de arte e tesouros sacros acumulados pelos Habsburgo durante os quase sete séculos de seu reinado.

coleção de obras de arte e tesouros sacros

Galeria Albertina

Um dos meus lugares preferidos na cidade! É uma imponente galeria/museu de arte que dispõe de um rico acervo de obras renomadas e uma das maiores coleções de artes gráficas do mundo (mais de 50 mil desenhos e 1 milhão de gravuras). Das suas famosas obras-primas destacam-se peças de Rembrandt, Lorrain, Delacroix, Manet e Cézanne, entre os modernos brilham Klimt, Andy Warhol, Rauschenberg e Baselitz. O local também abriga exposições temporárias de grandes nomes como: Miró, Picasso, Manet, Renoir, Monet, etc.

IMG_1058

@exaGERA no Albertina

Próximo ao Albertina, você irá encontrar a Escola Espanhola de Equitação – com suas famosas e disputadas apresentações e exibições. Por lá, na mesma área, você também encontrará a sala onde os também famosos Meninos Cantores de Viena se apresentam.

Palácio Schönbrunn

o Gloriette

Vá com tempo de sobra, pois o maior e mais imponente palácio da cidade é grandioso e repleto de história. O lugar foi residência de verão dos Habsburgos. De uma arquitetura riquíssima, tem os mais belos jardins (até um zoológico) e o famoso café Gloriette que oferece lindas vistas do palácio e da cidade de Viena. Até um Jardim Zoológico é encontrado no local.

O Schönbrunn também é conhecido também como o Palácio de Versalhes de Viena. É um dos principais monumentos históricos e culturais da Áustria. Um gigantesco palácio, de estilo barroco, que conta com 1440 aposentos e figura entre os mais belos, imponentes e importantes do mundo. O local é sempre associado ao nome dos Habsburg; A dinastia que dominou grande parte da Europa durante mais de 600 anos, com poder e influência absolutos. A Áustria era seu país, e Schönbrunn seu castelo.

O palácio também se tornou a residência de verão da família imperial austríaca dos meados do século XVIII até ao final da II Guerra Mundial. Durante esse período, o edifício foi visitado e habitado, quase continuamente, por centenas de pessoas da corte, tornando-se num centro cultural e político do império Habsburgo. Nele viveu até 1817, D. Leopoldina de Habsburgo, que veio a se casar com o futuro imperador brasileiro Pedro I, de grande relevância na independência do Brasil.

Schönbrunn

Palácio do Belvedere

É um palácio (também de estilo barroco) que foi construído pelo príncipe Eugénio de Saboia e está localizado no 3° distrito de Viena. Um local que também não pode ficar de fora quando se está “turistando” em Viena.

O palácio tem lindos e imensos jardins, cuidados com muito esmero, um museu de arte medieval e a Galeria da Áustria, onde está a maior coleção de obras de Gustav Klimt, incluído a sua mais famosa obra – o beijo.

IMG_0829

O complexo é dividido em duas partes: Belvedere Inferior e Belvedere Superior. O Belvedere Inferior foi inaugurado em 1716. De 1720 a 1723, foi construído o Belvedere Superior. O complexo foi vendido a Maria Teresa da Áustria pelos herdeiros do príncipe. E foi a própria Maria Teresa quem deu o nome ao lugar de Palácio do Belvedere, que em italiano significa Palácio Bela Vista.

Desde a I Guerra Mundial, o Belvedere também é um museu. O edifício sofreu danos durante a II Guerra Mundial, mas foi totalmente reconstruído e, nos dias atuais, também ocupa posição privilegiada em sendo umas das principais atrações turísticas da cidade.

 Staatsoper / Ópera Nacional de Viena

É impossível caminhar pelo centro da cidade de Viena e não se deparar com o lindo prédio da Ópera Nacional. Para onde for, vira e mexe, você irá cruzar com esse belo local. É uma construção pomposa e muito rica em detalhes: fontes de água, escadaria de mármore italiano, inúmeras estátuas de bronze, os mais belos lustres de cristal, imensas tapeçarias, etc.

Ela foi inaugurada em 25 de Maio de 1869 com a ópera Don Giovanni de Wolfgang Amadeus Mozart, mas durante a II Guerra Mundial – 1945 – o prédio foi fortemente bombardeado pelos Estados Unidos e sofreu severos danos, o auditório e o palco foram totalmente destruídos pelo fogo.

Reabriu em 1955, quase 10 anos após o fatídico ataque. Hoje, totalmente restaurada, a casa de ópera da cidade é palco das mais belas apresentações que encantam os locais e os turistas de todo o mundo.

No local, o melhor e imperdível, é poder assistir a um espetáculo de ópera (as mais famosas) passam por lá. Eu, na ocasião de minha visita, tive o privilégio em assistir a famosa ópera L’elisir d’amore.

Você pode ainda pode optar em fazer uma visita guiada para apreciar a arquitetura do local, bem como do elegante e finíssimo salão de chá.

Staatsoper – Ópera Nacional de Viena

Hundertwasserhaus

Este complexo habitacional concebido pelo artista Friedensreich Hundertwasser, daí o nome, destaca-se pelas suas cores garridas, ornamentos variados, como azulejos, estátuas e pelas janelas irregulares, tanto no tamanho como nas cores.

Não há turista que não queira parar para tirar uma fotografia para ficar com uma recordação desta arquitetura vanguardista. Uma vez que os os apartamentos são privados, você pode apreciá-los a partir dos diversos cafés que os rodeiam.

Dicas do @exaGERA:

COMO CIRCULAR

Ande muito! Para mim, o melhor de Viena é poder caminhar por suas ruas!!! A maioria das atrações turísticas da cidade de Viena está localizada dentro ou nos arredores do RING (um anel viário no centro da cidade). Caminhe sem medo de se perder. Garanto que, caso isso aconteça, em algum momento, você vai se encontrar e se encantar por cada cantinho da cidade. E só assim, fica bem fácil conhecer os melhores e mais importantes museus, os famosos parques da cidade, os lindos jardins, as mais belas construções …

O transporte público é excelente e bastante eficiente. Ônibus, trem, metrô, bondes; tudo funciona muito bem. Compre tíquetes de uma viagem (€2), um dia (€6,70), 48 horas (€11,70), 72 horas (€14,50) e uma semana (€15, válidos de segunda a domingo) em tabacarias ou nas máquinas automáticas disponíveis nas estações. Mas, por favor, não esqueça de validar os tíquetes antes de fazer o seu primeiro embarque.

O mesmo acontece com o Vienna Card (o meu preferido e o que mais aconselho). É um cartão que proporciona descontos em atrações turísticas e restaurantes por um período de 48h – €18,90 e 72h – €21,90e, além de transporte ilimitado pelo mesmo período de vigência. Comprei o Vienna Card 72h e valeu muito a pena, mas não esqueça em validar o seu cartão no primeiro uso. Existem máquinas para validação em todos os lugares.  É fácil encontrar onde comprar o Vienna Card. Existem vários pontos de venda espelhados pela cidade e também no lobby da maioria dos hotéis da cidade.

ONDE FICAR

Hotéis de luxo, hotéis boutique, pousadas, albergues. Existem muitas e variadas opções de hospedagem para todos os bolsos e gostos. Mas, no quesito localização, fique nas imediações do “Ring”,próximo às principais atrações da cidade.

$  com o Sissi Ticket você pode visitar dois Palácios, Hofburg e Schönbrunn e o Museu do Mobiliário Imperial. E o melhor é que não precisa entrar em filas a perder tempo. Pode comprar online. Preço: 25,50€.

Top 5 do exagera – O que você não pode deixar de conhecer… 

Nem sempre, numa primeira visita, você terá tempo suficiente para conhecer tudo o que Viena tem de melhor a oferecer. Dessa forma, resolvi elencar o que, realmente, acredito ser imperdível na cidade.

Mas, por favor, não fique restrito a só isso; Viena é uma cidade plural e tem muito o que ver, fazer, conhecer… merece fácil um TOP 10, 15, 20 do exagera!!!

O que eu mais gostei!!! o que eu considero IMPERDÍVEL (numa primeira vez por lá)!

  1. Palácio Schönbrunn
  2. Palácio Hofburg
  3. Belvedere
  4. Ópera de Viena
  5. Albertina

Como o próprio slogan da cidade diz: Viena Agora ou Nunca!! Realmente, Viena é o destino do agora, do momento!!!

 

VIENA (93)

Quer saber mais sobre a cidade de VIENA? Veja outros posts do nosso blog:

http://www.papodeturista.com.br/2016/01/21/top-5-do-exagera-viena/

http://www.papodeturista.com.br/2015/10/29/viena-palacio-de-schonbrunn-em-fotos/

pt