Gastronomia

Restaurante Cacimba – Noronha

Onde Comer Bem na Ilha é Mais Gostoso

18 de maio de 2017

Restaurante Cacimba

Chegou a hora de eu falar de coisa boa; um Papo Gastrô dos meus restaurantes preferidos em Noronha. Dessa vez, nos meus dias por lá, eu passei pelos melhores  e mais conceituados restaurantes da ilha. Dois desses: o Varanda e o Cacimba (falarei dele neste post) são de propriedade do “famoso” chef Auricélio Romão.

Em outra ocasião, durante um evento, eu já tinha sido apresentado ao chef Auricélio. Agora, foi bem diferente; encontrei o chef em alguns momentos na ilha e foi num agradável almoço, no restaurante varanda, que eu tive a companhia do chef à minha mesa.

Assim, eu pude conhecer melhor a história, a cozinha e a simpatia de uma pessoa cujo sucesso vai muito além das suas panelas; de um profissional que tem muito amor pela ilha e no que nela faz. Muito mais que o sabor dos seus pratos, ele coleciona amigos e os muitos sorrisos dos seus clientes. Auricélio é, de fato, uma celebridade local, de nome e renome que ultrapassam as fronteiras de Noronha.

o chef Auricélio Romão

Mas vamos falar da minha experiência gastronômica durante um jantar no restaurante Cacimba. Na noite em que eu estive por lá, o chef Auricélio estava em viagem e eu fui recebido pela chef Barbara Valença, uma simpática e competente profissional.

Com ela, eu conversei, dentre outras coisas, sobre o cardápio da casa e de como surgiu à ideia de alguns desses pratos levarem nomes de celebridades/personalidades, amigos e habitués da casa. É uma justa homenagem, um diferencial que agrada em cheio! Brincadeiras à parte; todo mundo quer comer x, quer provar y… Aquele algo a mais que já caiu na boca de cada cliente.

O cardápio do restaurante Cacimba é muito bem elaborado e tem muito da cozinha nordestina, das raízes do chef, dos clássicos da gastronomia regional, mas tudo com um toque fusion, de técnicas modernas e lindas apresentações, num verdadeiro mix de aromas, cores e sabores… e que sabores!!!

As Entradas

Fiz uma degustação dos carros-chefes da casa, começando pelo pastel com recheio de lagosta a Bruno Gagliasso. O pastel é crocante e muito cremoso; a lagosta é puxada no azeite com alho-poró com um creme de queijo branco e acompanha um molho agridoce de maracujá. Essa entrada é digna de um palavrão (em alto e bom som) e dos melhores elogios, deliciosa! (*no período de defeso = reprodução da lagosta, o recheio é feito com camarão).

pastel com recheio de lagosta a Bruno Gagliasso

Em seguida, eu provei o Ceviche Zé Maria Sultanum, um hit do restaurante. O peixe vem marinado em azeite e limão, cebola roxa e pimenta de cheiro. Como tudo na cozinha do chef Auricélio e da Chef Barbara, o grande diferencial desse ceviche está na substituição de alguns ingredientes comuns por ingredientes regionais. O verdadeiro toque do chef!

Ceviche Zé Maria Sultanum

Dos camarões… Camarão crocante em crosta de amêndoas – outro grande sucesso da casa! O camarão vem exaGERAdamente crocante, empanado em farinha com castanhas e amêndoas, servido com um molho de especiarias; Camarão picante ao DJ T-Killa – flambado na tequila e envolto numa pasta de frutas vermelhas. Sabe aquela estória de comer com os olhos? Os meus encheram d’água.

Camarão crocante em crosta de amêndoas

Por fim, eu degustei o bolinho de carne seca com jerimum – como o próprio nome diz, uma massa de jerimum envolvida em carne seca, cebola roxa – na manteiga de garrafa e um molhinho de pimenta de cheiro. Macio e muito gostoso, você consegue sentir o gosto de cada ingrediente. O tempero é suave e a manteiga de garrafa confere uma Regionalidade a cada mordida!

bolinho de carne seca com jerimum

O Principal

Filé mignon, picanha, peixe, camarão, polvo, lagosta e outros frutos do mar estão em massas, risotos, gratinados, moquecas e outras delícias que fazem parte do cardápio do Cacimba. Eu aceitei a sugestão da chef e fui de Peixe na manteiga de castanha brasileira

Numa mistura muito acertada na escolha dos ingredientes, o peixe, como deve ser, é a estrela do prato. Ele vem suculento e no ponto certo, com um tempero leve e marcante e a crocância da crosta de castanha, acompanhado de um cremoso purê de batata – de um bonito verde (a cor vem do uso de ervas) e do arroz de coco – delicioso e aromático. O prato é de um colorido perfeito!

Peixe na manteiga de castanha brasileira

A Sobremesa

Sou viciado em doces (todo mundo já sabe disso). No Cacimba, as estrelas doces da casa são os churros, o petit gâteau e o brownie. Decidi pelos Churros crocantes a Daniela e Malu Mercury  – fritos na hora,  crocantes por fora e bem macios por dentro, com fartos recheios de doce de leite e creme de avelã e polvilhados numa mistura de canela e açúcar, acompanhados de sorvete de baunilha. Do jeitinho que eu gosto, deixando aquele gostinho de quero mais. Um doce “deLeite”!.  

Churros crocantes a Daniela e Malu Mercury

Diante disso, fica fácil dizer o sucesso e o reconhecimento do restaurante Cacimba. Sem dúvida, ele está no TOP 5 dos melhores restaurantes de Noronha. O Cacimba é lugar de beber e comer bem; com uma excelente carta de drinks, vinhos, espumantes, um cardápio delicioso, um excelente atendimento e um ambiente informal, praiano, aconchegante e de muito bom gosto.

restaurante Cacimba by chef Auricélio

Dicas do @exaGERA:

Restaurarante CacimbaPraça Presidente Eurico Dutra, 09, Fernando de Noronha – PE

Fone: (81) 3619 1200

Instagram: @cacimbanoronha

Facebook: /cacimbabistro

Agradecimentos especiais ao Chef Auricélio, à chef Barbara e à toda a equipe do restaurante Cacimba – Noronha pelo convite, parceria e apoio junto ao @exaGERA e ao @blogpapodeturista.

 pt