Papo de Turismo

AmaWaterways aposta na relação com profissionais de turismo durante a pandemia de Covid-19

6 de agosto de 2020

Na última terça-feira (4), a AmaWaterways, premiada companhia de cruzeiros fluviais de luxo representada no Brasil com exclusividade pela Velle, promoveu conferência global online para anunciar os novos protocolos de segurança e higiene que serão adotados a bordo, e também sinalizar os próximos passos para a retomada ao mercado.  

Com saídas suspensas até, pelo menos, 30 de setembro, a empresa reforça que tem realizado ações para engajar viajantes durante a pandemia, mas destaca que a aproximação com os profissionais de turismo ainda é a maneira mais efetiva para enfrentar a crise. Por isso, procura munir os agentes de informação e oferecer treinamentos por meio de suas representantes locais. “Consulte seu agente de viagens antes de ver o mundo”, complementa Gary Murphy, co-proprietário e vice-presidente de vendas. 

A retomada ainda é tímida, pois a companhia segue os protocolos de cada país e avalia a atuação dos governos em relação ao controle da proliferação do vírus. Em julho, a Ama começou a navegar pelo rio Reno, com o AmaKristina, com pequenos grupos de turistas locais. “Essa operação pontual, realizada com muita segurança e responsabilidade, nos ajudará a entender como as medidas se aplicam na prática”, afirma Kristin Karst, co-fundadora e vice-presidente da marca. 

Entre os novos protocolos estão: o uso de máscara em tempo integral pela tripulação; redução da ocupação máxima do navio; distanciamento social nas áreas comuns; medição diária da temperatura corporal dos hóspedes; higienização das bagagens antes de serem entregues na cabine; opções de refeições no quarto; e  instalação de acrílico entre as mesas. Atividades ao ar livre serão mantidas, já os passeios terrestres serão realizados em  grupos menores. 

Segundo Rudi Schreiner, co-fundador e presidente da AmaWaterways, 2021 já tem boa ocupação, mas ressalta que os passageiros que ainda não estiverem seguros e confortáveis para embarcar poderão adiar suas viagens. Além disso, o executivo informa ainda que já há demanda para 2022, por isso, a companhia antecipou a definição dos itinerários que serão operados. 

Outras informações sobre as medidas adotadas pela AmaWaterways, roteiros e protocolos de retomada estão disponíveis em velle.tur.br 

@gfviagem