Destinos

República Dominicana apresenta plano de segurança sanitária

31 de agosto de 2020

A República Dominicana anunciou esta semana um conjunto de iniciativas para a retomada do setor turístico do país com segurança. O anúncio foi feito pelo presidente Luis Abinader Corona.

O Plano de Recuperação Responsável do Turismo diante do COVID-19, liderado pelo próprio presidente, contribuirá para cuidar da saúde, do bem-estar e da segurança dos turistas, e promoverá ainda uma recuperação sustentável do setor de turismo.

Nosso objetivo é minimizar os efeitos da pandemia e propiciar uma recuperação responsável, que priorize a saúde, maximize o potencial da criação de empregos e crescimento econômico e promova que o setor continue desenvolvendo-se de forma sustentável .

Luis Abinader Corona, presidente da República Dominicana

O Ministro de Turismo, David Collado, explicou que o novo governo, em conjunto com a Associação Nacional de Hotéis e Turismo da República Dominicana (ASONAHORES) realizou reuniões de trabalho para entender as preocupaçoes dos turistas e as necessidades do setor no país.

“Estamos focados em impulsionar o crescimento contínuo do turismo, assim como nossa imagem como país, e convencidos de que, juntos, conseguiremos superar os desafios da pandemia e assegurar que a República Domincana siga ocupando o primeiro lugar da região como destino de preferência para nossos visitantes estrangeiros, tanto para férias, negócios e investimentos, como lugar preferido como segunda residência”, assinalou.

O plano apresentado pelo governo prevê um conjunto de medidas para garantir a saúde e a segurança dos turistas locais e estrangeiros. Estas medidas incluirão novos protocolos sanitários certificados internacionalmente e englobarão toda a indústria, incluindo restaurantes e bares.

As medidas incluem:

  • A partir do final de setembro, serão realizados testes aleatórios de rápida aplicação na chegada ao país, como o teste de respiração, para o diagnóstico do COVID-19. Uma vez que esta medida esteja em vigor, será eliminado o requisito atualmente vigente do exame negativo para COVID-19 realizado antes da chegada ao país.
  • O uso de máscaras e o distanciamento social, elementos imprescindíveis durante a estadia no país, serão obrigatórios.
  • A partir dos últimos dias de setembro, será concedido um plano de assistência ao viajante a todo turista que visite um hotel, que incluirá a cobertura de emergências, serviços de telemedicina, hospedagem por estadia prolongada e custos de mudanças de voos diante da ocorrência de um contágio de COVID-19. Este seguro será oferecido sem custo para o visitante até dezembro de 2020, coberto integralmente pelo governo da República Dominicana.
  • Uma “Bolha Sanitária” de trabalho será implementada para assegurar que os funcionários dos hotéis permaneçam o maior tempo possível dentro de suas instalações.
  • Será feita a gestão sanitária efetiva na relação com fornecedores e funcionários. No caso dos funcionários, haverá uma dinâmica robusta no fluxo a partir de e até os hotéis, assim como a realização constante de exames.
  • Os regulamentos trabalhistas estão sendo adaptados para minimizar e mitigar os riscos para os funcionários.

O governo afirmou que este protocolo está em processo de certificação pela Safe Travels, do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC) e pelo Bureau Veritas, ambos líderes mundiais em certificações do setor.

O plano estará a cargo de um novo Gabinete Turístico, liderado pelo próprio presidente da República, sob a direção executiva do Ministro de Turismo e integrado por instituições que incidem diretamente na cadeia de valor do setor. O Gabinete monitorará constantemente o impacto e a efetividade de cada iniciativa implementada, ajustando-as conforme seja necessário.

Este esforço será acompanhado por um plano de comunicação efetiva através de todos os canais e pontos de contato com turistas e aliados, para mostrar ao mundo todo que a República Dominicana é um país seguro para viajar. O plano de comunicação inclui capacitação, material detalhado, atualização constante e otimização de mecanismos de busca.